Crítica: Venom

       Venom 👽 é um filme que conta a história de Eddie Brock, um repórter que após ser demitido, invade a Fundação Vida para provar suas suspeitas sobre um cientista que utiliza cobaias humanas em experimentos, mas acaba sendo "infectado" por um simbionte, o que torna sua vida uma grande loucura.
       O filme é dirigido por Ruben Fleischer e estrelado por Tom Hardy como Venom/Eddie Brock, Michelle Williams como Anne Weying e Riz Ahmed como Carlton Drake.
PONTOS POSITIVOS 👍
     O filme é bem divertido e engraçado.
     A trilha sonora é ótima.
     O casal protagonista é muito fofo.
    Os efeitos especiais são bons.
     É bem legal como o filme mostra como o ser-humano pode ser cruel, até mesmo com outros seres-humanos, apenas para conseguir se dar bem.
PONTOS NEGATIVOS 👎
     Aquela história do simbionte do mal que fica passando de corpo em corpo até chegar no copro do vilão foi bem sem graça e desnecessária.
     O protagonista fica muito pouco tempo transformado em Venom, e logo volta a aparecer com o rosto de Tom Hardy, como se o filme estivesse mais interessado em mostrar que tem um ator famoso no elenco, do que mostrar o rosto do verdadeiro personagem principal.
     O final é bem previsível.
PONTOS ADICIONAIS
    O filme é inspirado nos quadrinhos da Marvel Comics, sendo Venom um dos principais vilões do Homem-Aranha, e estreou no Brasil em 4 de outubro de 2018, estando em cartaz nos cinemas.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Especial: A Heroína E A Vilã De Cada Signo

Especial: Os Vestidos Mais Incríveis Usados em filmes

Crítica: Descendentes 2